Por dinheiro, Ilderlei esquece buraqueira e põe maquinário a venda!

quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Dr. Vanda Milane
Vanda Milane está deixando o PP. O anúncio oficial foi feito ontem, quarta-feira (18), através da assessoria. Milane deixa o PP depois de 4 anos, e o provável caminho deve ser o solidariedade. A decisão foi tomada após reunião em Brasília, com o presidente nacional do Solidariedade  Dep. Federal Paulinho da força.

Na reunião que definiu, a provável filiação de Vanda Milane ao Solidariedade, além do presidente nacional, contou com a presença da presidente estadual do solidariedade do Acre Márcia Bittar.

Segundo a assessoria, Dra. Vanda Milani continua apoiando o pré-candidato ao governo, Gladson Cameli  (PP). “Apenas mudamos de sigla, mas o compromisso com o cidadão, continua com muita responsabilidade, não deixamos o PP com mágoas, até porque, temos grandes amizades na legenda”, disse.

Ainda de acordo com a assessoria, na reunião foram traçadas metas e estratégias para a eleição de 2018. Ficou acordada, uma pré-candidatura a deputada federal, por parte de Vanda Milani pelo solidariedade.

“Vanda Milani vem para o Solidariedade, unir forças, em busca de melhorias para nossa gente”. Disse Márcia Bittar ao falar da honra, de ter a Dra Vanda Milani no partido. “Precisamos fortalecer  mais a força da mulher na politica”. Concluí Márcia Bittar.

Embora o clima seja de festa no solidariedade, no PP não é bem assim. Vanda Milane constava da lista, de candidatos a deputado federal entre os progressistas. Sua saída mina as forças de José Bestene, em insistir na chapa própria. Ainda mais, depois de circular no meio político, a informação de que Nalson Sales, deva ser mais um a deixar o partido nos próximos dias.

Fizemos contato com José Bestene, presidente estadual do PP, que disse ainda não ter sido comunicado oficialmente. “Olha, não nos foi comunicado a saída da Dra. Vanda, amanhã teremos um encontro  com ela, um ótimo quadro pra qualquer cargo.”

Bestene, ainda fez questão de deixar um recado aos partidos aliados da oposição: “O PP está fazendo seu papel de trabalhar o partido respeitando todos os demais aliados, esperando que todos possam fazer o mesmo, para que tenhamos êxito em 2018, elegendo nosso governador, os dois senadores da República, a maioria de depurados federais e maioria na assembleia legislativa, esperamos que todos dirigentes possam ter esse olhar”.

Questionado, se estaria se sentindo traído pelo solidariedade Bestene respondeu: “Não, de maneira nenhuma, acho que cada partido tem que se estabelecer para galgar qualquer cargo público”.

A confirmação por meio da assessoria de imprensa, que a Dr. Vanda Milane, está deixando o (PP), expõem o que os progressistas queriam guardar a sete chaves. O Partido pode não ter candidatos suficiente para montar uma chapa própria a deputado federal.

COLUNA POLÍTICA EM FOCO
Por Luiz Carlos Rosa

Saida de Vanda Milane do PP, expõe fragilidade do projeto de candidaturas a deputado federal do Partido.

Prefeito Gedeon Barros
Desde o início da semana o prefeito de Plácido de Castro, Gedeon Barros percorre os gabinetes dos deputados e senadores do Acre em Brasília. Gedeon tenta buscar ajuda dos parlamentares para continuar os investimentos no município. 

O prefeito tem priorizado as ações mais urgentes como a reabertura dos ramais que deve ser finalizado nos próximos dias, o conserto de veículos oficiais, remédios na farmácia do município e ainda realiza a operação tapa buraco nas principais vias da cidade. 

"Buscamos aqui em Brasília o diálogo explicativo das nossas necessidades básicas. Plácido de Castro precisa urgentemente da solidariedade dos nossos parlamentares", disse. 

De acordo com Gedeon, os recursos das emendas conseguidas em Brasília serão usadas na pavimentação das ruas da cidade, aquisição de equipamentos, aquisição de banheiros domiciliares e na realização de atividades no esporte, saúde e educação. 

O prefeito esteve até agora reunido com os deputados Alan Rick, César Messias, Major Rocha e a secretária especial do deputado Flaviano Melo, Kely Manga. 

"Sou muito grato aos deputados que me receberam. Extremamente preocupados com a população de Plácido de Castro e interessados em ajudar. Fico feliz com as possibilidades de investimentos no nosso município", falou. 

O prefeito continuará em busca de outros parlamentares em Brasília dispostos a ajudar na construção das melhorias da cidade.

Assessória

GEDEON BUSCA APOIO EM BRASÍLIA

quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Deputado Estadual Nicolau Junior (PP)
O deputado Nicolau Júnior, PP-AC, usou a tribuna da Aleac nesta quarta-feira, 18, para exigir do Governo uma ação mais forte no combate à violência no Estado.

Segundo o deputado, depois das 20 horas, atividades simples como realizar uma entrega de sanduíche não é mais possível em Cruzeiro do Sul.

"No Juruá religiosos estão deixando de irem as igrejas com medo da violência", disse.
Nicolau afirmou que os comerciantes estão assustados porque isso não era a realidade da região.

"A violência chegou a todo lugar, os assaltos e mortes são agora a luz do dia e assistido por câmeras de vigilância e compartilhado pelos grupos de WhatsApp. Nunca imaginei chegar a ver isso na minha cidade, Cruzeiro do Sul. O governo tem que reagir", desabafou.

Cerca de 36 pessoas foram assassinadas até agora em 2017 em Cruzeiro do Sul. São quase 4 pessoas mortas por mês.

Assessória

Na ALEAC Nicolau Júnior pedi providências no combate a violência

terça-feira, 17 de outubro de 2017

Zequinha Lima, Ilderlei Cordeiro
A prefeitura municipal de Cruzeiro do Sul deve, a despeito da precariedade do pavimento de centenas de ruas, promover uma verdadeira liquidação dos equipamentos pertencentes a municipalidade e que estão sob gestão direta da Secretaria de Obras. 

O prefeito Ilderlei Cordeiro deu ordens para que fosse feito levantamento de todo maquinário existente na garagem municipal, identificando aqueles considerados "inservíveis". O passo seguinte será  promover um leilão de máquinas, caminhões e caminhonetes. Se o plano for levado adiante, Ilderlei estará se desfazendo de mais da metade da patrulha mecanizada do município.
Ao receber denúncia feita por servidor da Secretaria de Obras, que pediu fosse mantido sigilo de nome e cargo, a reportagem foi informada que a atual gestão estaria se desfazendo de maquinários seminovos, de fácil e barata recuperação,  ainda em condição de uso. 

Apesar de ainda não ter sido lançado edital regulamentando o pretenso leilão, a reportagem constatou que existe um lote de maquinas, veiculos e equipamentos de terraplanagem e asfalto, já numerado, no pátio da Secretaria Municipal de Obras, pronto para leilão.
Entre as máquinas estão: tratores, retroescavadeira caminhonete e máquinas para aplicação de massa asfáltica. A maioria dos bens em vias de leilão, foi adquirida durante os dois mandatos do ex-prefeito Vagner Sales, do mesmo PMDB do atual prefeito. Como se trata, na maioria, de equipamentos pesados, a idade de menos de oito anos, desde a aquisição, é considerada baixa. É o caso da máquina de recapeamento asfáltico (vibro-acabadeira). Por isso, dizem, não justifica sua venda para particulares.

Nossa reportagem conversou com funcionários da Secretaria de obras que, mesmo não querendo se identificar, garantiram que 80% de tudo que vai para leilão, ou está  funcionando, ou tem plenas condições de recuperação.  Segundo esses servidores, ao invés de reformar o maquinário, o prefeito vai preferir se desfazer do patrimônio do município apenas para fazer caixa e pagar dividas.

O site procurou, no mercado, preço de equipamentos como os que devem ir à leilão. A estimativa é de que, caso venha algum dia querer recompor a patrulha mecanizada da municipalidade, Ilderlei precisará de, no mínimo, R$ 13.000.000,00 (treze milhões de reais).

Apurou-se, ainda, que a comissão de licitação da prefeitura já concluiu o inventário de todo patrimônio que pretende-se levar à leilão. Para efetivar o processo de "desmanche" da patrulha mecanizada, falta apenas parecer do Jurídico do município. Em seguida será  publicado edital.

Antes do fechento da matéria, entramos em contato com a Assessoria de Comunicação da Prefeitura, que disse não ter informações sobre esse processo. Mas recomendou que a reportagem  fizesse contato com o controlador Geral do Município, Tácito Baptista. Apesar das tentativas, não conseguimos o contato. Tampouco houve retorno às nossas ligações.

Conversamos com o Procurador Geral do Município, Dr. Jonathan Donadoni, o mesmo confirmou a existência de processo de alienação dos bens públicos já mencionados, mas que ainda estaria em tramitação interna. O procurador manifestou-se contra a venda dos equipamentos, e disse que só vai se posicionar oficialmente depois da reunião marcada para tratar do tema, o que deve ocorrer nesta quarta feira, 18.

Não conseguimos obter informação oficial sobre o valor que o prefeito Ilderlei Cordeiro pretende arrecadar com a transferência dos equipamentos públicos para a iniciativa privada. Tampouco qual destinação será dada  a esses valores.

COLUNA POLÍTICA EM FOCO
Por Luiz Carlos Rosa

Por dinheiro, Ilderlei esquece buraqueira e põe maquinário a venda!

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

A possível filiação da deputada Maria Antônia, vem dando o que falar dentro do partido democrático trabalhista acreano. Nem bem foi anunciado o convite feito pelo presidente Luiz Thê e já causou um racha dentro da legenda.

Heitor Junior e Paulo Soriano

Uma ala do Partido se posicionou contra a vinda da deputada. O deputado Heitor Junior, e o PDT do Juruá, ligado ao presidente do diretório de Cruzeiro do Sul, Paulo Soriano, entendem que o partido não pode ser abrigo, para quem não se preocupou em organizar um partido e agora quer usar o PDT como barriga de aluguel. 

Afugenta candidatos

Falei com o presidente do diretório de Cruzeiro do Sul, Paulo Soriano, que disse que não há briga. Que ele mesmo conversou com o deputado Heitor Junior, e que Heitor disse ser contra, porque a vinda da deputada, afugenta a filiação de possíveis candidatos, e pode impulsionar a saída de quem queira ser, e já esteja na legenda.

Pode sair

A prevalecer a vontade da ala ligada ao Thê, com a chegada de Maria Antônia, Deda e companhia limitada, o deputado Heitor Junior pode deixar a legenda. Até entre membros conceituados do partido, já há quem diga, que com essa postura Heitor caminha para sair da legenda.

O PDT é minha casa
A coluna procurou o deputado Heitor Junior, e quando perguntado se ele deixaria a legenda, disse: “o PDT é minha casa, temos divergências. Mas, o tempo se encarregará de por as coisas em ordens. Sou líder do PDT, sou presidente da CCJ, estou fazendo um belíssimo mandato. Isso tem incomodado pessoas e grupos políticos. Estou firme na minha reeleição no PDT”.
Sou totalmente contra sua vinda ao PDT
Sobre Maria Antônia: “É uma parlamentar que tem uma atuação assistencialista, ajuda muitas pessoas. Mas, não vai contribuir em nada em nosso projeto político de ação trabalhista, em defesa do trabalhador. Nossa bandeira de luta Brizolista. Sou totalmente contra sua vinda ao PDT, tenho muito respeito pela Maria, mas ela iria espantar, brecar a vinda de candidatos. Muitos candidatos não vão se filiar ao PDT com a entrada dela.” Disse a coluna Heitor Junior.

A posição do Thê

O presidente do PDT Luiz Thê, e a ala orgânica do partido entendem que a vinda da deputada é boa, e mantém o convite a Maria Antônia. “O convite está feito, Maria Antônia só não vem se não quiser”, me disse um membro do alto Clero Trabalhista, ser a posição do Thê.

Posição oficial do PDT

“O partido não é pensado para um parlamentar, é pensado como uma instituição que nasce ainda da ditadura militar e que tem como princípios as bandeiras trabalhista e de educação. Não existe espaço para política particular e muito menos para política pequena. O PDT é o partido que mais cresce hoje, e continuará crescendo, pautado em seus princípios. Hoje precisamos de mais organicidade partidária. O partido está acima das pessoas”. Disse a coluna um membro da executiva do partido, deixando bem clara sua posição, e a da legenda.

Jogo duro

O PP continua fazendo jogo duro, quando a Assunto é a coligação para deputado federal. O presidente da legenda José Bestene, mantém a disposição de o partido sair puro sangue, com seu 16 candidatos. O problema é que o PMDB conta com o PP no chapão, e promete retaliar Gladson Cameli caso os progressistas não mudem de ideia.

A reação do PMDB

O movimento do partido progressista, de montar uma chapa própria para deputado federal, vem causando reações dentro do PMDB, já que isso atrapalha os planos do Chapão, que é o sonho de Vagner e Flaviano. Isso já começou a causar estragos dentro da oposição. 

Vão retaliar

Membros dos grupos ligados ao deputado Flaviano Melo e ao ex-prefeito Vagner Sales, já começaram a dizer que ou o PP recua, ou Gladson vai perder apoios importantes do PMDB.

De Marcus Alexandre

A ala mais radical do PMDB de Cruzeiro do Sul, já diz abertamente, que se o PP insistir nessa de puro sangue federal, vão apoiar e votar no candidato da FPA Marcus Alexandre.

Cacique Suplente

O PCdoB está com o cenário definido para 2018. Quer eleger dois deputados estaduais e a ex-deputada Perpétua Almeida federal. Mas o que está na pauta da hora, no ceio comunista, é emplacar o deputado Moisés Diniz como primeiro suplente do senador Jorge Viana, e participar diretamente da chapa majoritária.

Participar do Debate

Um comunista de alta patente, revelou a coluna que o PCdoB não abre mão de participar do debate da chapa majoritária, e que o partido não se vê fora da composição. Caso contrário, o partido deve concentrar todas as suas forças na eleição de seus candidatos a deputados, deixando a campanha majoritária em segundo plano.

Parece que agora vai

Fonte revelou a coluna, que a novela do Vice de Gladson Cameli esta perto de um final feliz. Segundo membro do centro nevrálgico da oposição, a decisão já teria sido tomada, o vice é mesmo do PSDB. Mas o anúncio deve ficar apenas para 2018.

Vice da Frente

Já na FPA a escolha do vice não deve demorar a ser anunciada, com a efetivação do nome do prefeito da capital Marcus Alexandre como candidato a governador, o PDT deverá ser o partido da vez com a indicação de Emylson Farias como candidato a vice-governador compondo a chapa majoritária que concorrerá ao Palácio Rio Branco.

Reposta da deputada

Depois da última coluna, sexta (13), me faz contato a deputada Jéssica Sales, como sempre, muito atenciosa com a imprensa, para dizer que esteve sim na Vila Assis Brasil, prestigiando o musical “The Voice”. Mas, que não cancelou nenhuma agenda para isso, que o evento constava de sua agenda oficial. Pronto, não doeu nada viu, feito registro.

Mãos de Tesoura II

Depois de três demissões em massa  só este ano, o prefeito Ilderlei Cordeiro deve continuar demitindo nos próximos dias. Fonte segura garantiu a coluna,  que os novos cortes devem ocorrer em cargo comissionados indicados pelo ex-prefeito Vagner Sales.

Cara nova a gestão

Ilderlei quer dar uma cara própria a sua Gestão, e para isso deve trocar alguns membros da base do ex-prefeito, por gente sua. Demite agora para contratar mais na frente.

Esforço em Vão

De nada adiantou, portando, a conversa ocorrida com o presidente do PMDB/CZS, Jonathan Donadoni, para resolver o empasse entre Vagner e Ilderlei, e reverter as demissões da última semana. O homem vai sim continuar demitindo. 

O Leão Furioso

Depois de a coluna ter dado em primeira mão a briga entre os dois grupos do PMDB de Cruzeiro do Sul, um militante histórico do PP, teria compartilhado em todos os grupos da oposição acreana, a coluna: “acabou a lua de mel: azeda o clima entre Ilderlei Cordeiro e Vagner Sales”, dando visibilidade ao racha. Vagner Sales não teria gostado nada da gracinha e chamou no saco o progressista de raiz.

Porque ele vem pra cima de mim, em?

Por telefone o militante progressista disse a coluna: “porque ele não ficam com raiva de tu, que é o dono da coluna, em? Porque o Vagner fica com raiva é de mim, que compartilho? Muito bonito isso. Tu posta e eu levo a culpa!”

Calma Leãozinho!

Calma Leãozinho, a coluna posta fatos. Se houve briga, e se existe racha no PMDB/CZS nós apenas damos eco, e sempre garantiremos os dois lados da moeda. Querendo responder a porta está sempre aberta. Mantenha a calma, e pare de gritar com os aliados, isso não pega bem.

COLUNA POLÍTICA EM FOCO
Por Luiz Carlos Rosa

No olho do furacão: efeito Deda abala as estruturas do PDT

sábado, 14 de outubro de 2017

O partido socialismo e liberdade (PSOL) do Acre, realizou na noite deste Sábado (14), seu sexto congresso estadual. A agenda que faz parte do calendário da executiva nacional do partido, é mais uma etapa na organização da legenda para as eleições da executiva nacional, que ocorre nos próximos 1, 2 e 3 de novembro.

A atividade aconteceu no teatro da Secretaria Estadual de Educação, na rua Rio Grande do Sul, 1907 em Rio Branco. Estiveram presentes os presidentes dos diretórios do partido nos municípios do interior, a executiva estadual e militantes da Capital acreana, além de representantes da executiva nacional, como Juliano Medeiros, que deve ser indicado a assumir a presidência nacional do PSOL e conduzir a legenda nas eleições de 2018.

Na pauta do congresso, temas como crise política e econômica, eleição nacional e os desafios do partido nas eleições de 2018. Falamos com Julianos Medeiros que disse: “O congresso do PSOL do Acre foi um sucesso. Nossa avaliação é muito positiva, pois estamos preparando o partido para um cenário difícil, nas eleições do ano que vem. Portanto entendemos como muito positivo nosso congresso aqui no Acre.”

Também conversei com Vangleisso Figueiredo, presidente do diretório do partido em Cruzeiro do Sul: “então Luiz Carlos, minha avaliação é que o congresso foi muito bom, volto feliz para Cruzeiro do Sul, e renovado para os desafios do partido no Juruá.” No congresso ainda foram eleitos os delegados do partido que devem eleger o novo presidente da executiva nacional, no próximo mês em Brasília.

Por Luiz Carlos Rosa

PSOL acreano realiza sexto congresso estadual.

A Vila Assis Brasil, localizada na zona rural, do município acreano de Cruzeiro do Sul, completou 23 anos de criação, no dia 27 de Setembro. Porém, por conta das festividades do 113 anos de Cruzeiro do Sul, e do Festival da Farinha, as atividades em comemoração ao aniversário da Vila aconteceram de  12 a 14 de outubro.
Torneio de futsal infantil
A data foi instituída através de projeto de lei municipal 002/2017 do vereador Ocenir Maciel (PDT), baseada no decreto municipal 155 de1994, assinado pelo então prefeito João Barbosa, que criava as vilas: Santa Rosa, Assis Brasil e Santa Luzia do Pentecostes.
Torneio de futsal masculino
A programação do aniversário de Assis Brasil  teve inicio quinta-feira (12), com atividade para as crianças, iniciando as 16h00min na quadra de esportes da vila. Teve pula-pula, carro de pipoca, e torneio infantil de futebol. As 19h30m disputa do terceiro lugar do Campeonato de futsal, e as 20h30min a final entre Palmeiras x Igarapé Preto.  
Ocenir Marciel, Paulo Henrique Maciel
Dia 13 sexta-feira, durante o dia aconteceram atendimentos do CRAS, com Brinquedoteca e cortes de cabelos. As 16h00min o Desfile Cívico com a Banda do CRBIS, PM, Bombeiro Mirim, e as escolas, homenageando a história da Vila. O prefeito Ilderlei Cordeiro, esteve juntamente com os vereadores Romário Tavares, João Keleu, major Lázaro Moura e Cel. Fábio Al-Amme Paranhos, do 61 BIS, prestigiando os desfiles cívicos. Ainda a noite, a partir das 19h30min ocorreu o torneio de Voleibol.
Desfile cívico Vila Assis Brasil
No Sábado (14) pela manhã torneio com as mulheres, a tarde torneio com os Homens. A noite seria realizada a final do musical “The Voice Vila Assis Brasil, mas foi cancelado devido a chuva. O encerramento ficou a cargo do Show cultural “Forró do Safadão” direto de Mâncio Lima.

Por Luiz Carlos Rosa

Vila Assis Brasil, em Cruzeiro do Sul comemora 23 anos, com três dias de festa e desfile cívico.

Jornalista Jorge Natal
Escrever é fácil ou é impossível, dizia o escritor George Bernard Shaw. Sinceramente,não sei. Mas esse “fácil” deve ser colocado em termos. A ideia original, inusitada e inaugural pode vir fácil para algumas pessoas, mas a partir daí, texto é trabalho duro, estudo concentrado de palavra por palavra, período por período, parágrafo por parágrafo.

Texto que flui fácil de ler, foi difícil de escrever. Quem escreveu trabalhou duro. Ao contrário, textos difíceis de ler, truncados, são os que o autor negligenciou quem vai ler. Algumas pessoas têm grandes ideias, mas não conseguem um bom texto. Outras têm um excelente texto, mas estão vazios de ideias. Bom redator é aquele que tem boas ideias e um bom texto para dizê-las.

O Luiz Carlos Rosa, está debutando nesta milenar arte. Se ele será um bom escriba ainda é cedo para afirmar. No entanto, pela formação intelectual, religiosa, familiar e a paixão exacerbada pela politica creio que sim. Mesmo às vezes passional, ele concebe a política quase como uma arte.

Escrever pode até ser fácil, mas sobre política não é bem assim. Metaforizando a esfinge de Tebas, “decifra-me ou te devoro”. Quase todos são devorados porque a política é formada por múltiplos conhecimentos. O Luíz Carlos sabe disso. Findo aqui por revelar, se não o enigma, aquilo que mais o fascina que é a complexidade e vastidão dessa ciência. Ele pode não ser o andarilho que decifrou o enígma, porém sabe que é preciso estar sempre um passo à sua frente para não ser devorado.

A coluna “Política em Foco” vai analisar sobremaneira a politica juruaense. Não que o titular seja um provinciano, mas principalmente porque o povo da região se ressente de uma análise mais acurada, com texto e opiniões recheados de picardia e criticidade. O nosso colunista é prata da casa, um caboclo, um legítimo amazonida.

Ele vai colecionar admiradores e desafetos. Sorte que os primeiros serão em maior número. Também vai despertar dois sentimentos: a ira dos adversários e a inveja de alguns aliados. Pois é, o Luiz terá lado. Quem é isento? Imparcial? No entanto, e aí eu tenho certeza, o colunista vai descobrir o quão é necessária a sua intervenção, vez que vivenciamos a maior crise econômica da história deste país. Isso sem falarmos da crise moral e institucional.

Difícil ou fácil, Luiz Carlos Rosa, eu estrei no carcarejo e você estará focado nas causas do Acre e da nossa gente. Boa sorte e bem-vindo a este ofício, que não é fácil, mas também não é impossível.



Por Jorge Natal

Política em Foco: Sobre a coluna e o colunista

Acabou a lua de mel, depois das últimas demissões de Ilderlei Cordeiro, que atingiram a base do ex-prefeito Vagner Sales, o clima que já era pesado entres os dois grupos do PMDB/CZS, agora é retaliação de ambas as partes. Fonte revelou a coluna, que os ânimos estão a flor da pele, é jogar uma fagulha e vai acabar em incêndio.

Clima pesado

Cada dia está mais azedo o clima entre os dois grupos. De um lado correligionários do prefeito Ilderlei, do outro fiéis devotos do Salismo Vagniano, se digladia por espaço dentro da máquina pública do município  e nas bases eleitorais.

Pode rachar

Entre os líderes de ambos os lados, já há quem admita abertamente a possibilidade de um racha definitivo. Embora o presidente do PMDB/CZS, Jonathan Donadoni, tenha atuado incansavelmente para aparar as arestas, o clima é pesado de parte a parte. Não seria uma surpresa se viessem a apartar as panelas.

Disputa pela base

Um outro ponto forte de divergência entre o grupo do atual e do ex-prefeito, é a disputa pelos cabos eleitorais. De um lado o pré-candidato e tio do prefeito, Rudilei Estrela, secretários, e um vereador. De outro, cinco vereadores, Vagner, e a filha, a deputada Jéssica Sales, tem travando uma batalha diária por espaço e lideranças.

Sobe um, desce outro

Durante os últimos dias, têm sido uma constante o assédio as bases dos aliados. Comentava um vereador da oposição, que em algumas casas mal desce a turma do Rudilei Estrela, já chega a turma da Jéssica Sales, para desmanchar o que foi feito. E emedou, já fui procurado pelos dois lados, mas vou esperar mais um pouco, se o Ilderlei abraçar a candidatura do tio eu posso pensar no assunto, se não vou de Jéssica. Parece que no fim dessa disputa, os trapiches das casas de lideranças oposicionistas de Cruzeiro do Sul, vão precisar de reforma.

Vereador da Vila

Um vereador de uma famosa Vila nas proximidades de Cruzeiro do Sul, tem sido disputado a tapa pelos dois lados. Emissários de Rudilei Estrela, e o próprio Rudilei, estiveram recente em seu gabinete tentando lhe convencer a apoia-lo.

Cancelando agenda

Já no último fim de semana, cancelando outras agendas, a deputada Jéssica Sales (PMDB), esteve por lá a pretexto de prestigiar um evento musical. Me disse um membro do PMDB: “manter nossos apoiadores tradicionais é questão de honra”. Tá explicado o porque da deputada ter cancelado agendas para ir a tal vila.

Preocupação

Dirigentes de partidos da oposição, tem manifestado preocupação em relação as eleições para deputados federais de 2018. A maioria dos Partidos acha, que a oposição pode fazer apenas três deputados federais.

O óbvio

Um dos dirigentes, me fez uma leitura bastante interessante e óbvia, dizia ele: “a maioria dos partidos de oposição não se prepararam para a eleição federal. A exceção do PP, todos os demais tem no máximo um ou dois candidatos competitivos.”

Então

Não precisa de grande esforço para constatar isso. Vamos lá: PMDB só tem dois nomes, Jéssica Sales e Flaviano, DEM também dois, Bocalom e Alan Rick, PSDB apenas um, Rocha, PSC, Antônia Lucia, e para por aí. Todos os demais candidatos competitivos vem do PP ou da FPA.

Jesus afinou a viola!

Depois de ter andado descontente e até ter feito críticas ao secretário estadual de Educação, Marcos Brandão, o deputado estadual Jesus Sérgio (PDT), já afinou a viola. Segundo membro da executiva estadual do PDT, está tudo certo com o Tchê e o governador! “conversa foi antes de ontem! Fica no PDT!” me dizia ele na última quinta, então a conversa deve ter ocorrido na terça (10).

Pensa num querido

“O Jesus é um cara decente e não é bobo! Teria que começar do zero! E o PDT é um partido grande, organizado e terá uma legenda boa à sua disposição! Ele (Jesus) goza da confiança de todos do PDT! Pensa num querido!” Foram essas as palavras usadas pelo dirigente trabalhista, para botar um ponto final nas especulações em torno da saída de Jesus Sérgio do PDT.

Puro Sangue?

O PDT pode vir puro Sangue me dizia um cacique trabalhista. “temos nomes para isso, o partido vai discutir a verás essa possibilidade.” Segundo apurou a coluna, dirigentes do partido do interior, estarão em Rio Branco nos próximos dez dias, tratando com a executiva estadual a possibilidade de montar chapa própria de deputado estadual. 

Apenas sondagem

Demorou pouco o namoro entre o ex-prefeito Deda e o PDT. Fonte revelou a coluna que Deda e a deputada Maria Antônia estão sondando partidos, já que o PROS não teria se preparado para montar chapa, e eles estariam tentando encontrar um porto seguro de olho em 2018.

De caso pensado

Depois de ter escrito a matéria “tiro pela Culatra”, falando do efeito devastador da pesquisa do DEM na oposição, me liga uma liderança ligada aos democratas acreanos é diz: “ foi de caso pensado. No DEMOCRATAS existe muita revolta com Gladson e Bestene, por conta do episódio do vice, onde depois de ter prometido ao partido, Cameli voltou atrás.” Segundo o benemérito liberal, amigo do DEM, Bocalom até hoje não engoliu esse sapo cururu. E continua com Cameli atravessado na garganta.

O pecado do Amado

O prefeito Ilderlei Cordeiro de Cruzeiro do Sul, dizem pessoas próximas a ele, não é um bom articulador, nem tem em seu grupo político, alguém que o seja. Segundo informações, quem fazia essa função era o ex-secretário de administração Manfrine Costa. Nos últimos dias, a falta de quem articule política na gestão municipal, tem custado caro ao prefeito “Amado”, todo dia é um desgaste e uma nova sangria política. Tá esperando o quê, para chamar o homem de volta, Amado?

A volta de Costa

A novela da volta do ex-secretário de administração da prefeitura municipal de Cruzeiro do Sul continua. Foi alardeada dias atrás pela própria base do prefeito, que Manfrine Costa estava retornando ao primeiro escalão da Gestão municipal, e desde então, está tudo no mais absoluto silêncio. Gente ligada ao ex-secretário garantiu a Coluna que Costa está as ordens, apenas esperando pela boa vontade do Amado.

Leo do Juruá

O deputado Leo do PT, estará mais para Leo do Juruá, que do PT, nas eleições do ano que vem. Nove em cada dez petistas do Juruá, vai de Leo de Brito para federal. Os poucos que sobrarem devem se divide entre Sibá Machado e os outros candidatos da legenda.

Cuidado Josa

Um amigo me dizia essa semana: “o deputado Josa da Farmácia, está 90% fechado com um ex-vereador e suplente, da atual legislatura, que tem fama de comprador de votos. Segundo ele, se pudesse aconselhar o deputado, diria para ele conversar com o presidente do PMDB, Jonathan Donadoni, que teria levado um toco do ex-vereador nas eleições de 2014. E concluiu: eu diria, cuidado Josa”! 

Raimundinho da Saúde

Me liga uma pessoa ligada a secretária estadual de saúde. Entre uma amenidade e outra dispara: “ Raimundinho não ganha nem mais pra presidente de bairro. Ele não tem mais os contatos dentro das unidades de saúde, não como tinha antes. E tem muita gente descontente, com promessas de campanha não cumpridas.” E deitou a falar adjetivos impublicáveis. Como onde há fumaça  há fogo. É bom Raimundinho e seu grupo ir abrindo o olho, 2018 tá logo ali. 

Fica Coronel Emilio

Foi só aparecer uma possibilidade de o Coronel PM Emilio ser transferido do CPO II, com base em Cruzeiro do Sul, que surgiu um movimento de PMs, PCs, PFs, Agentes Penitenciários, MP e membros do Judiciário pela sua permanência. Coronel Emilio é um oficial exemplar, um bom soldado a serviço da tropa e da sociedade, é justo o reconhecimento e meritória a campanha. Segundo apurado pela coluna a caixa de mensagens do Cel Ricardo, comandante Geral da PM/AC foi inundada com mensagens de operadores de segurança, empresário e até autoridades de mandato. E não é de se estranhar, a manifestação de respeito e reconhecimento de seu trabalho, por meio do movimento que defende sua permanência no CPO II. A Coluna engrossar e endossa o coro #ficacoronelemilio.

Por Luiz Carlos Rosa
Coluna Política em Foco

Acabou a lua de mel: azeda o clima entre Ilderlei Cordeiro e Vagner Sales

sexta-feira, 13 de outubro de 2017

Show em Sinop Mato Grosso
Empresa do ramos de entretenimento, RC eventos, dos irmãos Ryster e Cristiano Rodrigues, tem desbravado fronteiras e abertos caminhos inimagináveis até bem pouco tempo, para uma empresa acreana. A empresa tem sido a pioneira de Cruzeiro do Sul, e uma das primeiras do Acre, a fazer shows fora do Estado.
Show em Sinop Mato Grosso
Recentemente foi sucesso de mídia e público nos estados do Mato Grosso e Pará, fazendo eventos para mais de quatro mil pessoas em ambos os estados. O primeiro show foi em 21 de abril, Na cidade de Sinop-MT, no Clube recanto da natureza, onde mais de 4.000 pessoas prestigiaram o evento.
Show em Capanema Pará
No últimos mês, em 26 de setembro, foi a vez de Capanema, no estado do Pará. O centro de convenções sagrada família, foi o local escolhido para sediar o show do ano naquele município, com um público presente de 3.500 espectadores, e fila de três quarteirões para a compra de ingressos.
Show em Capanema Pará
Conversamos com os irmãos Rodrigues, sobre as principais dificuldades enfrentadas:  “A maior dificuldade, é de fazer um evento onde não se conhece nada, é um grande desafio sair aqui de Cruzeiro do sul e ir para cidades na qual nunca estivemos e não conhecemos nada.” Disse Cristiano Rodrigues.

Já Ryster Rodrigues nos falou da perspectiva da empresa para o futuro: “A perspectiva é muito boa, tendo em vista que nosso trabalho tem sido realizado com muita seriedade, e o sucesso tem nos acompanhando em todas essas cidades. Assim criamos um bom nome,  temos um bom relacionamento com várias empresas do ramo artístico do Brasil. Tendo a confiança dessas empresas, continuaremos com fé em Deus a viajar por todo Brasil realizando grandes eventos”.

E arrematou Cristiano Rodrigues: “A RC eventos, continuará na estrada com a benção de Deus. Com fé e determinação, continuaremos gerando empregos e renda, tanto aqui na nossa cidade, na qual fazemos vários eventos durante todo ano, como também em outras cidades desse nosso querido Brasil.

Por Luiz Carlos Rosa

Desbravadores de fronteiras: empresa cruzeirense de eventos brilha no cenário nacional.

SIMPLESMENTE A MELHOR

SIMPLESMENTE A MELHOR

Imperdível

Imperdível
Fale conosco: (11) 95246-1652 Whatsap

Vai comprar seu carro zero?

Vai comprar seu carro zero?
Fale conosco: (11) 95246-1652 Whatsap

Bebidas Cruzeiro

Bebidas Cruzeiro
Grupo Bebidas Cruzeiro