Brasil

Eletrobrás inicia greve de 72 horas em todo território nacional

Trabalhadores da Eletrobrás e de todo setor energético, iniciaram na manhã desta segunda-feira, 11, uma paralisação programada para as próximas 72h, em protesto contra a privatização da estatal.

A paralisação no Acre está alinhada ao movimento nacional dos servidores do setor energético que também reivindicam
contra a privatização do setor elétrico nacional e pedem “Fora Wilson Pinto”, presidente da Eletrobrás. Os trabalhadores buscam um aumento salarial maior do que o proposto pelo Governo Federal, que de acordo com o presidente do Sindicato dos Urbanitários, foi de 1,18%.

José Raimundo Galvão, representante sindical dos urbanitários de Cruzeiro do Sul, relatou sobre as reivindicações feitas pela categoria.

“A greve vai se estender por 72 horas, segunda, terça e quarta-feira. Nós estaremos reunidos junto com a categoria dos eletricitários reivindicando contra a privatização do setor elétrico que hoje é um problema que vem se arrastando no Congresso e nós sabemos que isso não é bom. Nós também estamos reivindicando contra as propostas apresentadas para a categoria, pois não garantem às cláusulas essenciais contra o processo de privatização em curso e a diretoria da Eletrobrás está querendo tirar nosso acordo coletivo de trabalho, eles estão querendo tirar algumas cláusulas que irá afetar mais ainda os trabalhadores, e nós não aceitamos isso, nós vamos estar paralisado lutando pelos nossos direitos.”, disse José Raimundo.

Lidiane Gaspar

Clique para comentar

Deixe uma resposta

Mais lidas da semana

Subir