Acre

Quebra pau na camara municipal de Cruzeiro do Sul

Franciney Melo, Marivaldo Figueredo
Bate boca

A sessão da última quinta 5, na camara municipal de Cruzeiro do Sul, foi marcada por discussão e polêmica. O clima esquentou e por pouco não houve vias de fato entre os vereadores Marivaldo Figueiredo e Franciney Mello.
O Clima esquentou
De acordo com os presentes, o vereador Marivaldo teria insinuado que vereadores, da oposição subiam tribuna para mentir. O Vereador Franciney contraditou em seu discurso a afirmação de Marivaldo, dizendo que pelo menos ele cobrava sempre dos dois lados.  Marivaldo Figueiredo que não teria gostado, e partiu para as ofensas verbais.
Toque um dedo no meu peletó.
Começou uma bate boca com ofensas impublicáveis, e troca de acusações. Fraciney teria dito que Marivaldo podia botar medo em outros vereadores, que ele Franciney, ele não iria intimidar. Marivaldo chegou a se levantar, insinuando partir para vias de fatos, mas foi contido por outros vereadores. Franciney concluiu dizendo: “toque um dedo no meu paletó, e eu lhe mostro como um homem faz”.
Conselho de ética
Não é a primeira vez que Marivaldo Figueredo bate boca com seus colegas vereadores. Já aconteceram discursões com o vereador Elenildo da Pesca e Leandro Cândido. Me disseram vereadores, que vão levar o caso ao conselho de ética e decoro parlamentar da casa.
Candidata
A vereadora Lucila Bruneta deve deixar o PMDB para ser candidata a deputada estadual pelo partido progressista. Fonte revelou a coluna que o convite teria sido feito pelo Senador Gladson Cameli, e que Lucila já teria inclusive comunicado ao ex-prefeito Vagner Sales de sua decisão.

Não gostou nada

Segundo fonte ligada ao PMDB, quem não gostou nada dessa história de candidatura da vereadora Lucila foi o ex-prefeito Vagner Sales. Nas contas de Sales Lucila era tida como apoiadora certa da candidatura de Antônia Sales.
Mau estar
No PMDB a notícia não foi bem recebida, e ficou um tremendo clima, entre o grupo de Vagner Sales e a vereadora, sobrou até para o Senador Gladson Cameli. Segundo apurado pela coluna, Vagner Sales, teria pedido satisfações ao Senador por conta do episódio. Ninguém no auto Clero do PMDB do Juruá gostou da iniciativa de Cameli, em convidar a vereadora para ser candidata.
O lado do PMDB
Do lado do PMDB, dirigentes negam que a vereadora esteja de saída. O PMDB confirma que a vereadora quer ser candidata, mas, que se for será pelo partido. Caso contrário, em caso de saída o partido pedirá o mandato.
Pegou mau
Depois de fazer denúncia por falsificação de documentos pelo concelho de Arquitetura e urbanismo do Acre, na construção do lago do Amor, a deputada Eliane Sinhazinque teve que se retratar e pedir desculpas ao CAU/AC. Pegou mau, passou a impressão que a deputada age de forma açodada ao não conferir antes a informação. É, parece que a Sinhazinque já não é mais a mesma.
Fora da disputa
O PSDB está fora da disputa pelo vice da oposição. A informação foi dada pelo presidente da legenda em Cruzeiro do Sul, Emerson Amorim. Segundo Amorim, o PSDB se retirou desse debate e está totalmente focado na organização do partido para as eleições de 2018.
Aceitando a roda
O PCdoB acreano começou a azeitar as engrenagens para o embate eleitoral. Nesse fim de semana o partido fará plenárias em vários municípios. Hoje acontece a conferência municipal de Cruzeiro do Sul, sábado em Porto Walter e domingo no Jordão. Animado com a vitória contra os Bacanas do Ipê, Edivaldo Magalhães começa a arrumar o time de olho em uma cadeira na ALEAC.
Será?
Nas duas últimas legislatura, pelo menos um vereador, em cada, saiu preso da camara municipal de Cruzeiro do Sul. Durante essa semana começaram a circular rumores que um vereador da atual legislatura poderia ser preso. Seria um carma carregado pelo legislativo mirim de cruzeiro, ou o eleitor cruzeirense tem escolhido mau seus representantes.
De novos presidentes
O partido verde e o PCdoB de Cruzeiro do Sul, estão sob nova direção. Nos Verdes o agrônomo Macio Lima é o novo presidente, e no PCdoB, Edivaldo Gomes vai continuar a frente da legenda reeleito na noite de hoje, sexta (6).
Pé de coelho
O prefeito de Rio Branco, Marcos Alexandre, deve andar com um pé de coelho no bolso. Está com tanta sorte que até quando o tiro lhe acerta, também atinge os adversários. Dessa vez em denúncia contra ele fora arrolados os empresários Abrão Cândido e Lalau, tio e sogro da esposa do senador Gladson Cameli e do deputado Nicolau Junior.
O lados dos Vereadores
Antes do fechamento da coluna entrei em contato com os Vereadores Franciney Melo e Marivaldo Figueiredo. Franciney disse a coluna que a discussão ocorrida na noite da última quinta foi algo de cabeça quente, ao fervor do momento. Que ele e o vereador Marivaldo Figueiredo, já conversaram sobre o ocorrido, e que ambos mantém uma boa amizade, não restando qualquer problema entre ambos. O número para contato do vereador Marivaldo estava indisponível até o fechamento da coluna.
Clique para comentar

Deixe uma resposta

Mais lidas da semana

Subir