Acre

MORADORES DA AVENIDA LAURO MULLER FAZEM ABAIXO ASSINADO PARA REVOGAR PROJETO DE LEI DA CAMARA MUNICIPAL DE CRUZEIRO DO SUL

A mudança no nome da tradicional avenida Lauro Muller, continua gerando repercussões negativas em Cruzeiro do Sul. Aprovada pela camara municipal, e publicada no  Diário Oficial na última sexta-feira (22), a alteração vem sofrendo uma enxurrada de críticas, bem como, o vereador Antônio Cosmo, autor do projeto de lei.
Inúmeras foram as manifestações, e os moradores afetados pela mudança, já estão se mobilizando para fazer um abaixo assinado, exigindo a revogação da lei pela camara municipal cruzeirense. E, em caso de negativa dos vereadores, moradores ameaçam entrar na justiça pedindo a revogação da lei que altera o nome na avenida Lauro Muller, para avenida Ildefonso Cordeiro.
Conversamos com empresários que tem empreendimentos na avenida, e, é grande insatisfação com a mudança, por parte deles. Um deles que prefere não expor o nome, afirma que o vereador deveria, por iniciativa própria solicitar a revogação imediata da nova lei e corrigir o equívoco: “Seria o correto da parte dele”, ressaltou.
Nas redes sociais são incontáveis as manifestações. A maioria demonstrando as consequências imediatas da mudança na vida das pessoas, e algumas mais duras, como a do morador Maurício Araújo da Mota, que disse: “Esse xxxxx deveria procurar o que fazer. Pois o que ele conseguiu foi criar um monte de problemas para nós moradores da avenida, que vamos ter que enfrentar toda a burocracia para cadastrar esse novo nome da mesma. Parabéns desocupado!” 
Conversamos também com o advogado Cleomilton Filho, que reside na avenida, e ele manifestou sua contrariedade com a mudança. Disse ser plenamente favorável a realização de um abaixo assinado, que vai assinar, e que se preciso for, vai até a camara municipal protocolar a iniciativa dos moradores. Registrou também sua posição em nota que transcrevemos abaixo:
“O vereador Antônio Cosmo (PMDB) propôs um infeliz Projeto de Lei para mudar o nome da Avenida Lauro Müller, onde moro, para Av. Ildefonso Cordeiro.
A Câmara Municipal, vergonhosamente, aprovou o PL e o prefeito Ilderlei Cordeiro o sancionou. Desde a última sexta-feira (22/09), a Av. Lauro Müller se chama, oficialmente, Av. Ildefonso Cordeiro.
Gostaria de registrar toda a minha irresignação. O referido vereador não consultou as pessoas que moram aqui, simplesmente decidiu, a bel-prazer, modificar o nome de uma das vias mais tradicionais de nossa cidade. Desde que me entendo por gente, essa Avenida se chama Lauro Müller.
O capricho de Cosmo traz vários contratempos aos moradores, que deverão agora atualizar seus cadastros junto às mais diversas empresas.
A situação é agravada pelo fato de a Lauro Müller ser também uma área comercial. Dessa forma, a alteração traz empecilhos aos empreendedores locais, que deverão alterar cartões de visita e modificar o endereço junto a seus fornecedores e órgãos da burocracia pública.
A alteração é medida antidemocrática. O mínimo que se poderia esperar de uma ação dessa natureza seria um amplo debate, principalmente com as pessoas diretamente atingidas e prejudicadas com essa mudança totalmente desnecessária.
Se o objetivo era homenagear Ildefonso Cordeiro, que seu nome fosse dado a uma rua nova, inaugurada na gestão do filho, atual prefeito. Seria razoável e não atrapalharia ninguém.
Segundo entrevista ao G1, Cosmo disse: “Eu fiz um estudo sobre quem era Lauro Müller e era uma pessoa de outro estado, outro país que ninguém conhece e fiz para tentar resgatar a história de quem fez algo por nossa cidade”. Ora, se tivesse estudado mesmo, saberia que Lauro Müller não era de “outro país”.
Pelo capenga pensamento de Cosmo, deveríamos mudar também os nomes das Ruas Rego Barros, Djalma Dutra, Félix Gaspar, Floriano Peixoto, Rui Barbosa, Desembargador Távora etc.
A função básica de um vereador é atuar em favor da sociedade, de forma a melhorar a vida dos cidadãos, buscando propor alternativas para resolver os problemas reais da cidade. Antônio Cosmo fez exatamente o contrário.
Amanhã, 28 de setembro, Cruzeiro do Sul faz aniversário, completa 113 anos de história. Vamos aproveitar a data para refletir se o lugar onde a gente mora merece mesmo ser representada por esse tipo de político.”
Seguem abaixo manifestações das redes sociais:



Clique para comentar

Deixe uma resposta

Mais lidas da semana

Subir