Acre

Criminosos invadem casa pra matar membro do CV, matam inocente e deixam mulher ferida em Rio Branco

Um homem identificado por Ismar Silva Freitas, 31 anos, foi executado a tiros e uma mulher identificada por Juscilene Silva de Lima, 40 anos, foi baleada no final da manhã desta terça-feira (15) dentro de sua própria residência. Os crimes ocorreram na Rua da Paz, no bairro Belo Jardim, em Rio Branco.

Segundo informações da polícia, as vítimas estavam dentro da casa quando dois homens não identificados pararam em uma moto branca na frente da casa, e um deles invadiu a residência e de posse de uma arma fogo foi até a cozinha onde se encontravam as vítimas e teria dito: “taí o que vocês merecem”.

Em seguida, efetuou três tiros, acertando Ismar na cabeça e Juscilene na perna.

Uma viatura do suporte avançado do Samu foi acionada, mas ao chegar ao local Ismar já estava morto. Sua tia Juscilene foi encaminhada ao Pronto Socorro de Rio Branco em estado de saúde estável.

Ainda de acordo com a polícia, os suspeitos vieram atrás do irmão de Juscilene, um foragido da polícia, um dos fugitivos da penitenciária Francisco d’Oliveira Conde, identificado por Ivan da Silva Freitas, da facção Comando Vermelho, suspeito de ter se envolvido nas mortes na última quinta-feira na Rua 15 de novembro, no Belo Jardim.

Foi informado, ainda, que Ismar morava em uma colônia no Ramal Santa Maria e estava morando com sua tia há 4 meses, e que a vítima morreu por engano. Ele foi terceira vítima de homicídio na família.

Policiais militares do 2° Batalhão estiveram no local, isolaram a área para os trabalhos dos peritos em criminalística, colheram informações e saíram em busca de prender os acusados.

O caso está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa.

Informações Folha do Acre

Clique para comentar

Deixe uma resposta

Mais lidas da semana

Subir