Acre

Jovens Parlamentares são eleitos para representar suas escolas na Aleac

Aconteceu durante todo o dia de ontem (24), a eleição dos 189 alunos do ensino médio Público que se candidataram para participar do Programa Jovem Parlamentar Acreano. Foram escolhidos durante votação em suas respectivas escolas, os 24 estudantes que participaram do projeto.

O Programa, que é de iniciativa da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), por meio do seu presidente, deputado Ney Amorim (PT), tem parceria com a Secretaria de Estado de Educação (SEE) e Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

A escolha foi semelhante a que ocorre durante o processo eleitoral, com urnas eletrônicas cedidas pelo TRE, alunos exercendo a função de mesários e fiscais. Um total de 14.765 alunos participaram do processo, votando em seus candidatos. Foram 21 escolas da zona urbana e 2 da zona rural.

O presidente da Aleac, deputado Ney Amorim (PT), agradeceu a parceria do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) e também do governo, por meio da Secretaria Estadual de Educação. Falou também sobre a satisfação em contribuir com o projeto e desejou boa sorte aos alunos que irão participar da experiência.

“Quero agradecer à desembargadora Regina Longuini pela parceria, pois sem o apoio do TRE essa eleição nas escolas não seria possível. Também quero agradecer ao governo do Estado, por meio da Secretaria de Educação. Fico feliz em saber que os alunos de escolas públicas poderão vivenciar isso. A todos que estão participando desse processo, vivenciando a realidade da política, desejo que seja um preparo, pois vocês podem, sim, ocupar estas cadeiras futuramente, o limite de vocês é o céu. Aos que forem escolhidos, desejo que aproveitem essa experiência”, ressaltou.

Rachel Moreira, diretora da Escola do Legislativo da Aleac, que junto a sua equipe, representou a Instituição, destacou a importância do processo de escolhas e como isso influenciará de forma positiva a vida dos alunos.

“Todas as ações do programa tiveram como objetivo principal o protoganismo juvenil, desde a candidatura até na organização da mesa de votação. Esses alunos estão recebendo uma oportunidade ímpar é que com certeza irá contribuir muito para a formação de cada um”, argumentou.

Os vencedores vivenciarão o processo político por um período de quatro meses, com oficinas, treinamentos e participação de reuniões no Legislativo.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

Mais lidas da semana

Subir